segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Um Canteiro de Cultura


No dia 4 de dezembro, às 18:30, o Coletivo Afro-Caeté, a Orquestra de Tambores de Alagoas e o Baianá Virgem dos Pobres farão apresentação no canteiro central da Avenida Silvestre Péricles, próximo a Guarda Municipal e ao conjunto Joaquim Leão, Ponta Grossa. A apresentação é uma iniciativa do Núcleo de Cultura da Zona Sul – Mestre Biu.

sábado, 21 de novembro de 2009

AfroCaeté se apresenta no dia da Consciência Negra em Viçosa - Alagoas


A sexta-feira, 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, foi marcada em Viçosa de Alagoas por uma programação voltada para homenagear o guerreiro Zumbi dos Palmares, que se refugiou nestas terras. A cidade tem fortes raízes negras e neste sábado, 21, recebe o reconhecimento de duas comunidades quilombolas, o Gurgumba e o Sabalangá.
A comunidade participou ativamente das diversas atividades, que tiveram início com a Trilha Zumbi, saindo da prefeitura em direção a Serra Dois Irmãos, onde Zumbi foi morto.
Crianças, adultos e idosos subiram e desceram a Serra Dois Irmãos ao som dos tambores da Banda Afro Gurgumba. O grupo de capoeira do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil também acompanhou o grupo jogou capoeira nas terras que foram refúgio do guerreiro Zumbi.
Kaique Jorge, 15 anos, é integrante do grupo de capoeira pela primeira vez ele teve oportunidade de visitar. A equipe Bacurau, formada por historiador, guia e batedor, responsável por guiar a equipe até o cenário espetacular, ressaltaram que a programação é muito importante nesta data para reafirmar a história negra de Viçosa e a passagem do líder do Quilombo pelo município.
A programação continuou durante a tarde na Escola Estadual Coronel José Aprígio Vilela com oficinas de penteado afro, dança afro e berimbau. Acontecem, neste momento, as apresentações culturais das Banda Afro Gurgumba, Dança de Rua São José, Grupo Afro Primitivo Sabalangá e Capoeira Arte Ligeira-Peti. Além do lançamento do DVD “Quilombos de Viçosa” e da apresentação do Coletivo AfroCaeté, às 20h.
Fonte: www.tribunadosertao.com.br/noticias.asp?id=9702

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Cultura Negra em Arapiraca!




No mês dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira o Coletivo Afro-Caeté, o Afoxé Odô Iyá e a Orquestra de Tambores de Alagoas farão apresentação para celebrar a imortalidade de Zumbi dos Palmares.

Dia: 28 de novembro
Local: Praça Ceci Cunha, Centro de Arapiraca - Alagoas

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Sou do Povo, Sou a Festa - DVD da Festa da Lavadeira


O Coletivo Afro-Caeté foi honrosamente presenteado esta semana com 20 cópias do DVD "Sou do Povo, Sou a Festa", um belo registro dos quase 30 anos de Festa da Lavadeira.
Como nem tudo são são flores, como diria Eduardo Melo, organizador do evento " a intolerância é grande meu irmão", o video demonstra a luta que é garantir a Festa que anualmente, a revelia dos interesses dos especuladores imobiliários na mesma região, consegue aglutinar 70 mil pessoas para celebrar a grande diversidade cultural existente no nordeste durante todo o dia 1° de maio na Praia do Paiva em Cabo de Santo Agostinho-PE.
Em breve estaremos distribuindo os DVD's com todos os nossos amigos de luta e fé por melhores dias nas Alagoas.
Quem tiver interesse em ter mais informações sobre o documentário "Sou do Povo, Sou a Festa", é só comunicar através do email: lavalava@hotlink.com.br

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Coletivo AfroCaeté fará apresentação na abertura do FEMUfal



A abertura do I Femufal será no dia 12 de novembro, às 14h30, em uma tenda cultural que será montada ao lado da Biblioteca Central, no Campus A.C. Simões, com uma mesarredonda sobre o tema "História dos festivais universitários em Alagoas". Após a mesa, será lançado o LP em CD do Festival de 1981.
A mesarredonda contará com as presenças de Paulo Poeta, Edson Bezerra, Sávio de Almeida e Ênio Lins. À noite, às 18h, o show do Rapper GOG promete atrair muitas pessoas ao Posto 7, na Jatiúca. GOG vai iniciar em Maceió sua primeira turnê pelo Nordeste lançando o mais novo DVD ao vivo “Cartão Postal Bomba”.
A Universidade Federal de Alagoas, visando promover o resgate dos antigos festivais universitários, realiza no período de 12 a 14 de novembro o primeiro Festival de Música. O festival foi idealizado pela Pró-reitoria Estudantil, através da Coordenação de Política Estudantil, visando o fortalecimento da produção artístico-musical dos três segmentos que compõem a comunidade acadêmica: estudante, professor e técnico.
O I Festival de Música da Universidade Federal de Alagoas (Femufal) constitui-se num evento acadêmico-universitário que pretende revelar e dar publicidade à produção artística e às habilidades culturais dos estudantes, professores e funcionários no campo da música. Visa, também, proporcionar à Comunidade Acadêmica momentos de riqueza cultural fazendo da música um elemento de encontro e integração daqueles que fazem a Universidade Federal de Alagoas. Para isso, tem, para sua realização, a parceria da Prefeitura Municipal de Maceió, através da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), que entra com toda a estrutura do evento e o prestígio e consolidação do Projeto Maceió Viva Cultura, que acontece quinzenalmente no posto 7, Jatiúca. (http://www.ufal.edu.br/ufal/noticias/2009/11/divulgadas-as-musicas-selecionadas-para-o-festival-de-musica-da-ufal)
Coletivo AfroCaeté na Abertura do FEMUfal
Data: 12 de novembro
Local: Praça Central da UFAL
Horário:16:30

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

RODA ABERTA DE DIÁLOGO SOBRE CULTURA AFRO E DIVERSIDADE RELIGIOSA COM O BABALORIXÁ CÉLIO RODRIGUES


Coletivo Afro-Caeté promove Roda Aberta de diálogo sobre Cultura Afro e Diversidade Religiosa com o Babalorixá Célio Rodrigues, sábado, dia 7 de novembro, às 13h. A roda de diálogo acontecerá no Ilê Axé Iyá Ogun-té, a Casa de Iemanjá, na Ponta da Terra.

Pai Célio de Ogun-Té (Omintology) é Formado em História, pela Faculdade de Filosofia e Letras de Maceió - FAFIMA, Instituição essa em que leciona até hoje, cursou Pedagogia e Ciências Sociais na Universidade Federal de Alagoas- UFAL, é membro do Fórum Permanente Educação e Diversidade Étnico Racial do Estado, concluiu o curso de História da África, promovido pela Universidade Federal de alagoas e é participante do Movimento Negro Estadual.

Dedicando-se à religião, Pai Célio, conseguiu transformar sua casa de axé na primeira ONG religiosa alagoana, trazendo para dentro de seu espaço atividades culturais, sociais e políticas, buscando oferecer a toda comunidade uma vida mais digna. Hoje a casa de Iemanjá é o Núcleo de Cultura Afro Brasileira Iyá Ogun-té. A ONG oferece curso de capoeira, dança afro, fundou o Primeiro Afoxé de Alagoas, o 1º Jornal Afro, promove cursos profissionalizantes, palestras, entre outros. É a Primeira Casa de Orixá em Alagoas a possuir um site dedicado à religião:

http://www.ileaxeiyaogunte.hpgvip.com.br/

Participe da roda aberta de diálogo!

Dia: 07 de Novembro
Horário: 13h
Local: Núcleo de Cultura Afro Brasileira Iyá Ogun-té/Casa de Iemanjá - Rua Dona Alzira Aguiar, 429, Ponta da Terra - Maceió/AL

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Coletivo AfroCaeté & Maracatu Nação Corte de Airá


Apresentação no encerramento do Congresso da ABRAPSO - (Associação Brasileira de Psicologia Social) na FIT's no dia 02 de novembro de 2009.

←  Anterior Proxima  → Página inicial