quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Dirceu Lindoso é um dos homenageados no Agosto Popular, 2013




Um dos homenageados do Agosto Popular de 2013, Dirceu Lindoso é responsável por (re)colocar na historiografia oficial o negro e o índio sem as amarras que a visão colonial. Dirceu Lindoso, nossa estrela maior da etno-história alagoana, foi quem destacou aos estudiosos das ciências sociais do Brasil um movimento de memória e luta a partir dos "vencidos", ou Papa-méis, foi como o autor levantou a categoria ao longo de sua obra (coisa apenas pincelada pelos grandes cientistas sociais Manuel Diégues Jr e Gilberto Freyre, por exemplo); exemplo desse destaque é quando assim o fez ao reelaborar a Guerra dos Cabanos nas matas do Tombo Real entre Alagoas e Pernambuco no seu livro a Utopia Armada. 

Dirceu Lindoso que tantas vezes nos brindou com suas categorias destacadas do campo nativo, como a reconhecida e a representativa imagem dos Papa-méis “alabucanos”, figuras tão próprias da mistura bizarra que o nosso cotidiano de pobreza e riqueza concebe e se encarrega de produzir em nossas cidades, mais uma vez através do autor ganha destaque e notoriedade analítica; Dirceu Lindoso merece mais do que nunca esse reconhecimento tardio do Agosto Popular. Foi ele quem reposicionou o negro brasileiro ao seu lugar de destaque na historiografia oficial a partir de Alagoas. 

Entre suas obras: Póvoa-Mundo (etno-romance), A Utopia Armada (etno-historiografia), A Diferença Selvagem (antropologia, história e literatura poética), Liberdade e Socialismo, A book of days for the Brazilian literary year (Literatura), além de outras importantes publicações como Mar das Lajes, Interpretação da Província, As Invenções da Escrita, e entre tantas outras.

Ao Dirceu Lindoso nós agradecemos imensamente pela sua contribuição antropológica e historiográfica a partir do olhar dos "vencidos".

A homenagem de mais um grupo de Papa-méis inteiramente fascinado e emocionado pela sua obra!

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Agosto Popular




No dia 31 de agosto, sábado, a Praça de Santa Tereza, no bairro da Ponta Grossa é palco de mais uma edição do “Agosto Popular III - Celebrando Cultura Popular na Praça Santa Tereza”. Com apresentações artísticas das mais diversas, a atividade fecha o mês das tradições populares. Durante as atividades serão homenageadas pessoas e grupos que contribuem para o desenvolvimento da cultural de Alagoas.
Este ano o Agosto Popular se fortalece com as parcerias do Giro de Folguedos (FMAC) e do Mirante Cultural do Jacintinho. A programação está prevista para começar às 15h contando com diversas apresentações culturais na praça.

Homenageados/as dessa edição:
Mestre Anísio (Guerreiro Mensageiro de Padre Cícero)
José Carlos (Arê Yorubá/Escola de Samba Girassol)
Paulinha (Malungos do Ilê)
Enaura (Vila dos Pescadores de Jaraguá)
Doté Elias (Maracatu A Corte de Airá)
Demis Santana (Cantor, poeta, cordelista)
Dirceu Lindoso (Escritor)
Grupo Afro Mandela
Afoxé Oju Omin Omorewá

Atrações:
Roda Aberta de Capoeira
Mamulengo das Alagoas
Fandango do Pontal da Barra
Nega da Costa (Quebrangulo)
Boi Águia
Cambinda (Porto de Pedra)
Guerreiro Vencedor Alagoano (Mestre Juvenal)
Quilombo (Limoeiro de Anadia)
Boi Anaconda
Reisado do Mestre Duda (Arapiraca)
Ginga Terapia/Capoeira Inclusiva
Fanfarra da Escola Júlio Alto
Coletivo AfroCaeté
Maculelê (Grupo Legião)
Mestre Jorge Calheiros, Demis Santana e Fagner Dubrown
Hip Hop Zona Sul
Rogério Dias e banda
Arê Yorubá
Afro Mandela

Realização:
Articulação dos Grupos da Cultura Popualar e Afro-Alagoana, Coletivo AfroCaeté, CEPA Quilombo, Quintal Cultural, Maracatu Raízes da Tradição (Abassá de Angola de Oyá Igbalé) e Associação dos Folguedos Populares da Zona Sul.

Apoio:
Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC), Afoxé Ofá Omin (Ponta Grossa), Unicompra, Diretoria de Teatros de Alagoas (Diteal), Secretaria de Estado da Comunicação (Secom), Superintendência de Políticas para a Juventude/SMCDH

domingo, 11 de agosto de 2013

Festa no Quilombo...!



Festa do Meado de Agosto - Edição 2013
Quilombo Lunga
Taquarana Alagoas Brasil

 
O QUILOMBO LUNGA - Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos Passagem do Vigário e Poços do Lunga Taquarana/AL convida toda a Sociedade Alagoana a celebrar mais uma edição da Festa do Meado de Agosto.

A Festa acontecerá dia 15 de Agosto a partir das 08 horas da manhã no Território do Quilombo Lunga (Sítio Volta), município de Taquarana, localizado no agreste alagoano acentuando e unindo as fronteiras administrativas e geográficas dos municípios de Taquarana, Coité do Nóia, Igaci, Palmeira dos Índios e Belém.
                                                                                                                                 
Para o Quilombo Lunga a festa torna-se um patrimônio de valor inestimável para seus moradores, um bem que pode ser oferecido ao outro, como um presente aos visitantes.

Este ano O Meado de Agosto ganha mais um dia na sua programação, dia 14 de agosto será um dia de atividades relacionadas à Educação Ambiental, a partir das 08 horas da manhã a Secretaria de meio Ambiente de Taquarana promoverá junto aos Escoteiros, Alunos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos das Comunidades Quilombolas Poços do Lunga, Mameluco, Serra Verde e Chã do Saco, uma atividade de plantio de mudas nativas e frutíferas nas margens do Rio Lunga e Oficina de Educação Ambiental proposta pelo Instituto do Meio Ambiente de Alagoas.

Integram a programação Artístico-cultural da Edição 2013 no dia 15 de agosto, a Procissão de Nossa Senhora do Meado de Agosto, a ginga da Capoeira e Maculelê de nossas crianças Quilombolas com o Instrutor Bico de Fulô, Coletivo AfroCaeté, grupo Alagoano articulador de discussão e difusão cultural por meio de batuque, que tem como base o maracatu. Maracatu Raízes da Tradição da Casa Abassá de Angola representada pela guerreira e Liderança Social do Tabuleiro Mãe Vera, Dança Afro com o grupo Atitude Negra composto por crianças e adolescentes do Quilombo Carrasco de Arapiraca.

O Projeto Tambores da Universidade Federal de Alagoas trará aos palcos os Remanescentes do Quilombo Tabuleiro dos Negros de Penedo junto com o grupo Batuque YÁ, em seguida o Afoxé Oju Omim Omorewá que encanta e fortalece a cultura de matriz africana no Estado de Alagoas há 10 anos e fechando com o reggae popular do cantor Roberto Rasta.

 A Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Turismo de Taquarana e o Quilombo Lunga assumem nesta edição a Produção Cultural e Assessoria Comunicação da Festa.

Patrocínio MinC/Fundação Cultural Palmares, Universidade Federal de Alagoas, Universidade Estadual de Alagoas, Prefeitura Municipal de Taquarana através da Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Turismo, Secretaria de Estado da Cultura de Alagoas, Secretaria de Estado da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos , SINDPREV-AL, Vereador Carlos do PT, Deputado Federal Paulão, Apoio Cultural: Thudo Comunicação Visual, Site 4 Cantos Alagoas, Coletivo AfroCaeté , Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Taquarana, Blog Sururu Fresco Arte Cultura e Política, Projeto Tambores, Instituto do Meio Ambiente de Alagoas, Sinteal e Sinpro/AL, Realização Quilombo Lunga.


 Serviço:

Festa do Meado de Agosto
Edição 2013
Quilombo Lunga Taquarana Alagoas Brasil

14/08 – Plantação de mudas nativas e Oficina de Educação Ambiental.

15/08
Procissão
Capoeira e Maculelê- Poços do Lunga e Mameluco
Coletivo AfroCaeté-Maceió
Maracatu Raízes da Tradição- Casa Abassá de Angola/Maceió
Grupo Atitude Negra –Quilombo Carrasco/Arapiraca
Batuque YÁ + Projeto Tambores – Quilombo Tabuleiro dos Negros/Penedo
Afoxé Oju Omim Omorewá- Maceió
Roberto Rasta - Maceió
Roberto Rasta

15 de Agosto de 2012
A partir das 10 horas
Local: Quilombo Lunga/Taquarana
Informações: 9632 8564/8178 2179

Dá licença...


Inenarrável falar da emoção de subir em um palco, mas desta vez no papel de músico, encarnando as próprias notas musicais... Ter sido abraçada por esse grupo me deixa dedilhar palavras cantadas por meu coração, agradeço aos meus novos e queridos amigos do grupo AfroCaeté e com um carinho especial aos que me ajudam desde o incio: Christiano Barros, Lu Santos, Luanna Rocha, Tamires Melo, Mauro Fabiani e Sandro Santana. E que venham mais e mais apresentações mágicas como a de ontem!

Ainda bailo ao sentir a emoção do momento!

Abraços a todos!

Jessica Santos (Jéssica é atriz e nova batuqueira do Coletivo)

sábado, 3 de agosto de 2013

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Oficina de Coco Alagoano na sede do Coletivo AfroCaeté


 (Inscricões Aqui)

Programação: 

13h30 – Inscrições

14h – Início: Exibição do vídeo “Danças Brasileiras” Coco Alagoano, com Antônio Nóbrega.

14h20 – Apresentação dos participantes (Dinâmica)

14h30 – Alongamento com Vitor Lima e Tamires Melo

14h40 – Josenildo Assis faz um breve resgate histórico sobre o Coco e as tapagens das casas em Alagoas.

15h – Iniciação aos Trupés

- Quarenta Arrebatido

- Trupé Arrebatido

- Cavalo Manco

- Roda de Valsar

- Gogó do Pinto

- Miudinho

- Xipapá

16:20h - Introdução ao Trupé Contemporâneo

16:40h – Roda de Coco com todos os participantes da oficina

17h – Encerramento no Espaço Cultural La Rosa Mossoró com Participação de Demis Santana, Fagner Dübrown, e os filhos do Mestre Verdelinho, Josenildo e Genilson de Assis.
←  Anterior Proxima  → Página inicial