terça-feira, 23 de agosto de 2016

Agosto da Cultura Popular - 2016




A oitava edição do Agosto da Cultura Popular acontecerá durante todo o sábado (27) e reúne grupos de música e dança popular em diferentes estilos. A programação é extensa e conta com apresentações culturais e debates.
As atividades têm início às 9h, na Escola Municipal Deraldo Campos, no bairro do Vergel, com oficinas de percussão até às 11h e de trupé do coco alagoano, às 14h. As oficinas fazem parte do projeto “Pra Todo Mundo Pisar”, do grupo Segura o Coco.
Durante a tarde, às 14h, o MoVa apresenta o teatro-fórum “Mais inteligente, a arte ou a burocracia”, com gto OcupaTudo. Em seguida, será realizado o debate que tem como tema a lei popular de incentivo à cultura alagoana, com Marcelo Gianini, Jamila Pasan e Udson Pinheiro. Essas atividades acontecem no Núcleo Cultural da Zona Sul, localizada na rua Cabo Reis, no Vergel (ao lado do Unicompra).
As apresentações culturais na Praça Santa Tereza, na Ponta Grossa, começam às 15h e contam com a participação da roda aberta de Capoeira do Mestre Morcego Preto/Abadá Capoeira, Ludo Capoeira do Mestre Besourão/Escola de Capoeiragem, Banda Fanfarra da Escola Edson Bernardes regida pelo maestro Claudio Galego, Duelo dos bois Águia, Trovão e Força Bruta, Rap com Mago Jow, Alyne Sakura, Os Comparsas e MZS Crew, Segura o Coco com participação especial da Mestra Zeza do Coco, Afro Zumbi, Coletivo AfroCaeté com participação especial de Mãe Vera de Oyá Igbalé, Companhia Star Dance, Batuque Yá, Afro Afoxé, Rogério Dyas e a Trincheira com participação especial do Mestre cordelista Jorge Calheiros, Tequilla Bomb e Babylon Fya.
A Articulação da Cultura Popular e Afro-Alagoana é uma mobilização colaborativa, formada por diversos grupos culturais e membros da sociedade que valorizam, divulgam e ajudam a fortalecer a história e a cultura do Estado. O objetivo do trabalho da Articulação é o fomento de valores da cultura popular e afro alagoana como alternativa para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.
Serviço
Evento: Agosto da Cultura Popular
Quando: 27 de agosto, sábado
Horário: a partir das 9h
Local: As oficinas do Segura o Coco acontecem na Escola Municipal Deraldo Campos, no Vergel. O debate será realizado no Núcleo Cultural da Zona Sul, na Rua Cabo Reis, n. 200, Vergel (vizinho ao Unicompra). Já as atividades culturais acontecem na Praça Santa Tereza, que fica próximo ao Núcleo.

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Fotos do Ensaio Aberto de agosto



O Ensaio Aberto de agosto contou com a ilustre presença do Mestre Gama e de seu filho, Gama Junior, que fizeram junto com a gente uma festa linda. No domingo também comemoramos o aniversário do Mestre Sandro Santana, que temos a honra de ter à frente da nossa percussão
Fotos: Jéssica Conceição

Mestre Sandro Santana
Mestre Gama


Gama Júnior

Naná Martins













Mestra Letícia Sant'Ana









sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Gama Júnior, Mestre Gama, Coco de Roda Reviver no Ensaio Aberto do AfroCaeté Domingo 21 às 15h na sede do Coletivo, Jaraguá




Vamos começar o dia apresentando um convidado muito querido pelo AfroCaeté, que vai estar junto com a gente no próximo domingo:
Gama é um ser de luz e de paz que há mais de 20 anos faz com que a música acorde as pessoas para os bons sentimentos, abrindo caminhos para o autoconhecimento dos que querem se libertar das prisões invisíveis.
Em seu show, Meditasom, Gama Junior demonstrará sua versatilidade, como multi-instrumentista e cantando em momentos distintos do espetáculo. Cada momento levará o ouvinte a um passeio onde a paisagem sonora se modifica, indo do mantra ao instrumental, revisitando o clássico e reconhecendo o contemporâneo.

Por onde andam as criações recentes das músicas instrumentais da cultura popular? Com as extinções das feiras livres e o sumiço das quermesses, cadê o esquenta muié e as bandinhas pife tri?
Foram essas e outras indagações que levaram o querido alagoano e multi-instrumentista Mestre Gama em parceria com seu filho (também multi-instrumentista), a criarem o projeto: Músicas, Histórias & Pifes, que trazem si a enorme vontade de repopularizar ritmos instrumentais como o chorinho, a marcha, o forró de raiz, e os famoso esquenta muié que antes eram largamente executados pelas bandinhas pifi-tri e que foi animadamente cantada por Luiz Gonzaga na clássica canção Carapeba.
Nestes tempos de indefinições, o Brasil, o nordeste e Alagoas carecem de recomporem suas identidades, Mestre Gama neste projeto nos propõe sonora e poeticamente essa possibilidade.
Fundando em Maio de 2000, com coroinhas da Paróquia Santo Antônio, o Coco de Roda Reviver foi o primeiro grupo a executar as pisadas do pagode alagoano.
O grupo que participou de várias oficinas com Mestra Hilda e Mestre Verdelinho, vencedor de mais de 80 festivais, é conhecido popularmente como o coco da pisada e estará conosco no próximo domingo.


Serviço
Evento: Ensaio Aberto do Coletivo AfroCaeté
Data: 21 de agosto
Horário: 15h
Entrada: Gratuita
Local: Sede do Coletivo AfroCaeté - Rua Barão de Jaraguá, 381, Jaraguá

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Ensaio Aberto do Coletivo AfroCaeté, DOMINGO dia 21, às 15h na Sede do Coletivo AfroCaeté




Olha quem chegou!!! Ele mesmo, nosso queridinho, nosso amado e mais esperado Ensaio Aberto!
A festa desse mês será no dia 21, às 15h e contará com a participação do Coco de Roda Reviver, Mestre Gama e Gama Junior e apresentação do Coletivo AfroCaeté.
Nessa edição, vamos arrecadar alimentos não perecíveis para doação. Se você puder colaborar, não esquece de levar 1kg de alimento no dia do Ensaio 
Teremos lanches e bar com cerveja, água, refrigerante e Gabriela. Convida os amigos e vem curtir nossa festa!
Serviço
Evento: Ensaio Aberto do Coletivo AfroCaeté
Data: 21 de agosto
Horário: 15h
Entrada: Gratuita
Local: Sede do Coletivo AfroCaeté - Rua Barão de Jaraguá, 381, Jaraguá

domingo, 17 de julho de 2016

É HOJE, DOM, dia 17 às 15h na sede do Coletivo AfroCaeté, Jaraguá




A festa fica por conta de Mel Nascimento, Gustavo Gomes e Um Bando de Samba e Igbonan Rocha com o Coletivo AfroCaeté. Nosso samba começa às 15h.
Durante o Ensaio Aberto, apresentaremos a arte vencedora do Concurso de Identidade Visual 2016.

Serviço

Evento: Ensaio Aberto do Coletivo AfroCaeté
Data: 17 de julho de 2016
Horário: 15h
Entrada: gratuita
Local: Sede do Coletivo AfroCaeté (Rua Barão de Jaraguá, 381 - Jaraguá)


terça-feira, 12 de julho de 2016

Igbonan Rocha, Mel Nascimento, Gustavo Gomes e você, nossos convidados para o Ensaio Aberto de Julho.




                          

Gustavo Gomes faz uma homenagem ao samba, com dez CDs gravados, com dez músicas cada (todas de sua autoria e de parceiros).
“Comecei esse projeto para homenagear o centenário do samba em 2012. No primeiro eu canto, acompanhado do Bando de Samba; no segundo, a Mel Nascimento foi quem interpretou minhas composições, também acompanhada do Bando de Samba". Explica Gustavo, as gravações são todas independentes, ainda, dentro dessa homenagem, pretende escrever um livro sobre a história do samba.



Mel Nascimento, iniciou sua carreira aos 13 anos cantando em coros, integrou a Camerata Pró Música de AlagoasFormada em Canto Bacharelado – UFAL fez parte do projeto Som do Beco. 
É integrante do Quarteto Malacada que tem como foco a pesquisa e execução do samba e do choro, além de fazer um passeio pela música nordestina. Em março de 2015 apresentou-se no Teatro Gustavo Leite pelo MPB Petrobrás antecedendo o show do cantor e compositor João Bosco.
Atualmente está em plena divulgação do CD “Um Bando de Samba 2”, além de estar em processo de gravação do 1º CD autoral do Malacada.
Em 2012 foi premiada pela FUNARTE – Microprojetos Bacia do São Francisco, por desenvolver uma pesquisa sobre Modinhas Brasileiras.
Em 2013 foi premiada pelo Ministério da Cultura-MINC e Ministério da Educ
ação-MEC com o Projeto Mais Cultura nas Escolas tendo o samba como tema a ser desenvolvido nas escolas públicas.
Em 2014, lançou o CD "Um Bando de Samba 2", no Quinta no Arena, além de participar da programação oficial do 20 de novembro, em União dos Palmares com "O samba de Alagoas recebe o samba do Rio de Janeiro" antecedendo o Fundo de Quintal.
2015 ganhou o 1° prêmio do Festival de Música da Ufal.
  • ascommelnascimento@gmail.com
    • @melnascimento13(Twitter)
    • mel nascimento(SoundCloud)
    • melnascimento13(Skype)
    • melnascimento13(Instagram)



Igbonan Rocha também é outro dos nossos convidados no Ensaio Aberto, DOM, dia 17, se apenas com o violão ele já é um espetáculo, imaginem acompanhado pelo Coletivo AfroCaeté!
Cantor apaixonado por Música Popular Brasileira e Samba, E como diz o significado do meu nome de registro: O "Inestimável" Aquele que sua felicidade está em fazer os outros felizes. Estudou História na Universidade Federal da Bahia na década de 80 mas foi na Recreação e na Música que ele encontrou o que queria fazer até o fim de sua vida. Ainda em Salvador, final dos anos 70 início dos 80, Igbonan iniciou sua carreira musical,
Nascido em Salvador em 1960, mas, morando em Maceió há 26 anos, este “Alabaiano” de voz singular, escolheu as Alagoas como “a terra que quero viver pra sempre!”.
No final da década de 80 foi convidado para gerenciar uma escola de idiomas em nossa cidade. Em Maceió, mesmo à frente da escola, sempre arranjava um tempo para soltar a voz na noite da cidade. O que fez o artista se decidir pela música e se afastar das aulas de inglês. A escolha foi acertada, pois a partir daí começou a receber convites para fazer abertura de shows de Grandes Nomes da MPB como: Danilo Caymmi, Tânia Alves, Leila Pinheiro, João Nogueira, Jair Rodrigues, Xangai, Zezé Motta e muitos outros. Cantando no Hotel Pratagy, após uma de suas apresentações foi convidado pelo proprietário para trabalhar como recreador daquela instituição. Desta vez foi contaminado pelo vírus da Recreação e do Lazer e foram seis anos trabalhando naquela instituição. Em 1996 começou a trabalhar no SESC Alagoas e, apaixonado pela cultura alagoana teve a oportunidade de estar à frente de muitos projetos que ele tinha como foco a cultura popular alagoana: Concurso e Mostra de Bois de Carnaval, Concurso SESC/SEMED de Quadrilhas Matutas, Concurso SESC/LIQAL de Quadrilhas Estilizadas, Projeto Agosto da Cutura Popular, Projeto Festejos Juninos do SESC, Projeto Carnaval do Comerciário, Projeto Happy Hour e muitos outros – todos valorizando a cultura local.
Convidado por uma professora de artes do Colégio Sacramento para cantar algumas músicas da Bossa Nova para alunos daquela instituição que estudavam a história da MPB, Igbonan inovou e montou uma Aula Show com apresentação de slides entremeados de interpretações de clássicos como: Garota de Ipanema, Samba do Avião, O Barquinho, Desafinado, entre outros, além de um bate papo muito instrutivo sob o “Panorama do Brasil na década de 50”. O sucesso foi tanto que as Aulas Show já foram apresentadas em várias instituições de ensino da cidade com temas como: A história do Samba e a história do Forró.
2010 - Juntamente com Wilma Araújo esteve à frente do Projeto CLUBE DO SAMBA – Foi com este projeto que participou juntamente com Wilma Araújo do Prêmio da Música Brasileira 2010 na categoria “Homenagem a Dona Ivone Lara” classificando-se em segundo lugar numa votação pela internet em nível nacional feito que os levou à cidade do Rio de Janeiro para a entrega do prêmio no Teatro Municipal.
 2011 - Através da visibilidade obtida com a participação no Prêmio da Música Brasileira, foi convidado pela produção do projeto MPB Petrobras para cantar no Teatro Gustavo Leite na abertura do show “Quando o canto é reza” da cantora Roberta Sá. Aproveitando a evidência do mês de novembro, da Consciência Negra e sendo 2011 o ANO INTERNACIONAL DOS POVOS AFRODESCENDENTES, intitulado pela ONU, interpretou clássicos da MPB compostos e/ou interpretados por Negros ou com temática negra. Neste mergulho no universo da música negra brasileira, Igbonan resgatou pérolas de Zé Keti, Dona Yvone Lara, Assis Valente, Geraldo Pereira, Wilson Batista além de Gilberto Gil, Milton Nascimento, Roque Ferreira, Seu Jorge e Max de Castro, o resultado foi um show onde a história do povo negro brasileiro foi contada/cantada com muito ritmo e alegria. A convite da Fundação Palmares participa das festividades alusivas ao 20 de novembro fazendo o show de abertura do Cantor Martinho da Vila. Pelo segundo ano consecutivo participa das festividades do 20 de novembro fazendo o show de abertura do Grupo Fundo de Quintal em União dos Palmares à convite da Fundação Palmares. Participa pelo terceiro ano consecutivo das comemorações do DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA em União dos Palmares dividindo o palco com a grande cantora Mart’nália.
• 2016 – A convite da Prefeitura de Maceió e do Ministério dos Esportes participará do encerramento da festa de recebimento da Tocha Olímpica na cidade no dia 29 de maio.

Serviço
Evento: Ensaio Aberto do Coletivo AfroCaeté
Data: 17 de julho de 2016
Horário: 15h
Entrada: gratuita
Local: Sede do Coletivo AfroCaeté (Rua Barão de Jaraguá, 381 - Jaraguá)


sábado, 9 de julho de 2016

Ensaio Aberto do Coletivo AfroCaeté em 17 - JULHO às 15h



"Quem não gosta de samba, bom sujeito não é" e quem gosta de samba não pode perder o Ensaio Aberto deste mês, que acontece no dia 17 de julho, na sede do AfroCaeté.

A festa fica por conta de Mel Nascimento, Gustavo Gomes e Um Bando de Samba e Igbonan Rocha com o Coletivo AfroCaeté. Nosso samba começa às 15h.
Durante o Ensaio Aberto, apresentaremos a arte vencedora do Concurso de Identidade Visual 2016.

Serviço
Evento: Ensaio Aberto do Coletivo AfroCaeté
Data: 17 de julho de 2016
Horário: 15h
Entrada: gratuita
Local: Sede do Coletivo AfroCaeté (Rua Barão de Jaraguá, 381 - Jaraguá)

quinta-feira, 30 de junho de 2016

"Ensaio Fotográfico por Alex Ribeiro - Primeira parte".



O fotógrafo Alex Ribeiro nos presenteou com um lindo ensaio e parte desse trabalho está reunido neste álbum. As fotos da primeira etapa do ensaio foram tiradas na praia de Ipioca, Maceió/AL.






































































Proxima  → Página inicial