terça-feira, 25 de julho de 2017

Ensaio Aberto de Julho, DOM, 30 às 15h




O Ensaio Aberto do mês de julho chegou pra esquentar o clima da cidade! As atrações já estão confirmadas e a festa acontece no dia 30, próximo domingo, na nossa sede, a partir das 15h.

Confirma presença aí e convida os amigos pra curtir de graça:

- Arielly Oliveira 
- Tequilla Bomb
- Boi Fênix
- Coletivo AfroCaeté com a participação de Lineker Almeida e Brunno Torres (Freedom Songs)

~Proibido entrar com bebidas; 
~Proibido fumar nas dependências da sede.

terça-feira, 18 de julho de 2017

Ciclo Permanente de Diálogo - SAB, dia 22, às 14h




Há quem diga que não, eu digo que ainda é pouco, mas o volume de trabalhos sobre a negritude em Alagoas tem crescido consideravelmente.
Como pesquisadora antirracista, sigo meu trabalho, mas sei que nossos passos vem de longe e não estão sós. Por isso, penso que o próximo passo é fortalecer uma rede de debates, para que possamos conhecer mutuamente os nossos trabalhos e compartilhá-los com quem mais interessa: a sociedade, para assim colaborar, trabalhar juntas e juntos, avançando na direção de uma sociedade mais justa e igualitária.
É nesse intuito que o Coletivo AfroCaeté abre as suas portas para o Ciclo Permanente de Diálogo com as novas pesquisas acadêmicas sobre a negritude alagoana, o Conhecendo a face negra de Alagoas.
No nosso primeiro encontro teremos a honra de receber Jeferson Santos, pesquisador sério e militante comprometido com a luta do movimento negro em Alagoas. Doutor em Ciências Sociais (Antropologia) pela PUC-SP, (tendo sido bolsista da Fundação Ford/Fundação Carlos Chagas), vai nos apresentar sua pesquisa desenvolvida para a sua tese intitulada "O que restou é Folclore: o negro na historiografia alagoana".
Graduado em História pela Ufal, é hoje professor da Faculdade de Tecnologia de Alagoas. Já foi coordenador do Fórum de Entidades Negras de Alagoas e um dos fundadores do CEPA-Quilombo. Ativista desde 2003, atualmente tem dado ênfase ao debate concernente ao acesso de negros no ensino superior. Enquanto coordenador do Instituto do Negro de Alagoas, faz parte da Comissão Cotas na Pós-graduação da UFAL e tem discutido junto ao IFAL sobre a comissão de heteroidentificação.
Contamos com sua presença!

  • Sábado(22), às 14:00 - 17:00
    Coletivo AfroCaeté
    Rua Barão de Jaraguá, 381, 57022-140 Maceió

Quer falar com a gente?


Quer falar com a gente? 
Convidar para um chá da tarde, uma apresentação, uma entrevista ou um almoço domingo antes do ensaio? 
Então se liga aí por onde você pode falar com a gente ou dar aquele like maroto nas publicações




quinta-feira, 6 de julho de 2017

Coletivo AfroCaeté




O Coletivo AfroCaeté é um grupo de amigos, amantes da cultura alagoana que tem como objetivo principal a valorização, reprodução e difusão das riquezas musicais de Alagoas.

sexta-feira, 30 de junho de 2017

A raça vista daqui: pensamento social sobre negritude em Alagoas


Que tal um grupo de leituras sem muita caretice, mas com muita sustância, sobre o que alagoanas e alagoanos já pensaram, falaram e escreveram sobre a negritude?

Este é o propósito da nossa empreitada: compartilhar, e assim, fortalecer uma rede antirracista coesa e ativa em Alagoas.

Alagoas segue matando jovens negros e periféricos em escala e ritmo terroristas, o projeto mal disfarçadamente genocida está a todo vapor nas grotas da capital. Do outro lado, celebramos o herói da negritude brasileira, o Zumbi dos Palmares. Mas será que compreendemos o que isso quer dizer?

Manoel Diegues Júnior, Arthur Ramos, Abelardo Duarte, Sávio Almeida... Como enxergamos a raça por essas bandas? Um recuo no tempo e um diálogo [crítico] com o que já foi pensado pode nos ajudar a escrever novas narrativas do passado [a escrita restauradora do mestre Dirceu Lindoso] e lutar por novas realidades para o presente e para o futuro onde a negritude não seja mais uma sentença de morte ou de marginalidade.

Acredito que juntas e juntos estaremos mais aptos a entender e, principalmente, construir ações estratégicas de enfrentamento ao racismo.

Mais detalhes serão decididos da melhor forma: cara a cara, olho no olho, pessoalmente, juntxs e horizontalmente.

Aguardo vocês pra nossa quilombagem com muito carinho, café e axé!

SAB, 1 JUL das 14h às 17h, na sede do Coletivo AfroCaeté em Jaraguá.

Link do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/13200027747861

sábado, 17 de junho de 2017

Ensaio Aberto Sorridente (beneficente)



HOJE, sábado, às 15 horas na sede do Coletivo AfroCaeté em Jaraguá.



Em dezembro do ano passado, tomamos conhecimento do trabalho que o Mestre Laercio Gomes desenvolve com crianças e jovens na periferia de Maceió. Um trabalho sério e árduo realizado no conjunto Cidade Sorriso 1, Benedito Bentes, utilizando a cultura para a promover a inclusão e justiça social. 

video

Recentemente, com a colaboração de parceiros, ele conseguiu alugar e estruturar um espaço no próprio conjunto para funcionar como sede projeto que foi denominado Sorridente. A sede é um espaço vivo que desenvolve diversas oficinas abertas à comunidade e abriga o Afro Dendê, um grupo de samba reggae formado por crianças da localidade.

Mas, agora, para que possam trabalhar com mais tranquilidade, eles precisam comprar a sede do projeto. Sabendo disso, e ciente do importante trabalho desenvolvido na comunidade, o Coletivo AfroCaeté e outros amigos decidiram colaborar nessa luta. Assim, HOJE, sábado, às 15 horas, o barracão do Coletivo AfroCaeté se transformará num enorme arraiá com a renda totalmente revertida a Associação Cultural Sorridente.


Vamoss!!
Lembrando que quem não puder ir mas quiser colaborar com essa linda ação vou colocar a conta nos comentários! Qualquer valor é bem vindo



quarta-feira, 14 de junho de 2017

Ensaio Aberto Sorridente




O Ensaio Aberto de junho vem trazendo a alegria e a energia de sempre acompanhadas de uma proposta especial: ajudar a manter vivo um projeto cultural! Nosso parceiro Laércio Gomes mantém há seis anos o Afro Dendê, grupo de samba reggae formado por crianças do conjunto Cidade Sorriso I. 

Para seguir com as atividades, Laércio pediu ajuda nas redes sociais para a compra da sede do projeto, localizada no Benedito Bentes. Por essa razão, excepcionalmente nesta edição do Ensaio Aberto, cobraremos um valor simbólico de R$ 10, que será revertido para a compra do espaço onde se instala a Associação Cultural Sorridente. O dinheiro arrecadado com bar e lanches também será revertido. 

Ajude convidando os amigos e compartilhando nosso evento.

ATRAÇÕES CONFIRMADAS

Naná Martins e banda
Lineker Almeida
Andréa Laís
Izaias Chico
Segura o Coco
Anderson Fidellis e Cabroeira
Natalhinha Marinho
Igbonan Rocha
Afro Dendê
Coletivo AfroCaeté

ACOMPANHE A HISTÓRIA
https://goo.gl/F6tzus

COLABORE COM O PROJETO
Agência 1557
Operação 013
Conta 44686-0
Laércio Gomes da Silva

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Fotos do Arraiá Segura o Coco 2017



Fotos: Rizomar Farias



























































domingo, 4 de junho de 2017

Aniversário do Maracatu Nação Acorte





É Hoje!!Vamos nos divertir muito pessoal!
Coletivo AfroCaeté;
Afoxe povo de exu;
Coco de roda raroxodo;
Coco De Roda Paixão nordestina.

sábado, 3 de junho de 2017

Arraiá Segura o Coco É HOJE !



É HOJE MEU POVO! A casa já tá arrumada e o sol já chegou pra gente pisar coco e arrastar muito o pé até mais tarde! O Arraiá Segura o Coco começa às 14h, com a Oficina de Percussão, contamos com a presença de vocês pra fazer parte dessa festa! 


Arraiá Segura o Coco






Programação completinha pra vocês que vão curtir nosso Arraiá HOJE, SÁBADO
Durante a tarde, às 14h, teremos Oficina de Percussão do Coco com Fagner Dübrown e Sandro Santana. São 20 vagas e as inscrições são feitas na hora. Em seguida, vamos quebrar coco na Oficina de Trupé com os filhos do saudoso Mestre Verdelinho. O número de vagas é ilimitado para a Oficina de Trupé! As oficinas fazem parte do projeto Pra Todo Mundo Pisar, contemplado no prêmio Eris Maximiano, da Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC).
Nossa festa segue com as apresentações do Grupo Segura o Coco, com participação de Andréa Laís e Izaias Chico e fechando a noite, Anderson Fidellis e Cabroeira. Lembrando que tudo isso é de GRAÇA. Agora diga se tem Arraiá mais arretado que esse!



terça-feira, 23 de maio de 2017

Ensaio Aberto do Coletivo AfroCaeté na comunidade Cidade Sorriso



"Alegrando o Sorriso que tava meio triste...", falou seu Antônio, morador do conjunto Cidade Sorriso, ao ver a brincadeira do Boi. A ação faz parte do primeiro Ensaio Aberto do Coletivo AfroCaeté fora de sua sede, que foi possível graças a parceria com o mestre Laercio Gomes e do grupo Afro Dendê, e também do David Ferreira e do Boi Fênix. A ação teve início pela manhã, com a criançada participando da oficina de introdução ao maracatu, com AfroCaeté. Seguindo à tarde, até o começo da noite, com apresentações do Afro Dendê, do Coletivo AfroCaeté e do Bumba meu boi Fênix, na rua principal do conjunto Cidade Sorriso 1 (Benedito Bentes).

domingo, 21 de maio de 2017

Fotos do 1º Ensaio Aberto itinerante com o Afro Dendê



Nosso primeiro ensaio aberto itinerante foi repleto de alegria na Comunidade Cidade Sorriso I. O batuque ficou por conta das crianças do Afro Dendê, Boi Fênix e Coletivo AfroCaeté.
Só temos a agradecer por esse domingo cheio de carinho e muitos braços abertos!























←  Anterior Proxima  → Página inicial