quinta-feira, 25 de abril de 2013

Festival de Música da Universidade Federal de Alagoas



 
 por Luana Costa
 
Ontem eu e o Coletivo AfroCaeté tivemos a oportunidade de concorrer na final do FEMUFAL 2013 e a felicidade de sermos contemplados com o 2º lugar no ranking geral com a música AGÔ, particularmente falando uma noite muito especial ainda mais por também ter ganho o prêmio de melhor intérprete.

A alegria de estar no palco de um festival como este, junto com o meu Coletivo AfroCaeté, levando o nome das nossas raízes e da nossa irmandade Coletiva, simplesmente me renovou desde a primeira etapa lá em Arapiraca.

Saber que ouvidos que nunca sonharam nos escutar não só nos escutaram como também vibraram ao som do nosso tambor, me lavou num mar de orgulho de ser o que sou e de representar o que venho representando, propagando e assumindo todo santo dia.

Tem axé nas minhas palavras, tem amor em tudo que faço porque se não for por amor, não tem porque ser...

Só tenho a agradecer a todos os que acreditaram que daria certo, que abraçaram realmente a filosofia Coletiva, aos que estiveram ontem no teatro Gustavo Leite e que me cercaram de tanto carinho.

Foi uma noite linda, junto com os irmãos que a vida me proporcionou e sendo presenteada com o reconhecimento de um trabalho de dedicação e amor que já vem sendo executado a anos e anos...

Sandro Santana, meu irmão... muito obrigada pela mão amiga de sempre, por ter acreditado em mim nos dias em que o que eu mais precisava era de um voto de confiança.

No mais...Só devo dizer que estou muito feliz com tudo isso e consciente de que é só um inicio, não foi Luana Costa quem ganhou ontem, foram as nossas idéias.

Obrigada mais uma vez Coletivo e vamos que vamos que o que é nosso não está guardado, busquemos! rs

Vivamos a Coletividade!

Axé, axé e axé!
GOOGLE +
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários: