sexta-feira, 29 de abril de 2016






A cultura alagoana perdeu mais um ícone. Símbolo de resistência e grande difusor da alegria. Criador do Guerreiro Treme Terra das Alagoas, Mestre Benon de 79 anos partiu na noite de ontem. Patrimônio Vivo, reconhecido em 2006, o grande Mestre vai deixar uma lacuna sem o brilho de suas fitas e o sorriso em cada passo da dança.

GOOGLE +
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários: